Atendimento

segunda à sexta – das 7h às 13h

A Frente Estadual em defesa do SUAS e da Seguridade Social (FESUAS) e o Fórum dos Trabalhadores do SUAS de Sergipe (FETSUAS) trazem a Sergipe a ex-ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes. Ela estará no estado para participar da Plenária do FESUAS, que acontece nesta quinta-feira, 12, às 9h, no auditório da CUT Sergipe, localizado na Rua Porto da Folha, n° 1039, Bairro Getúlio Vargas, em Aracaju.

Márcia Lopes estará disponível para uma roda de conversa com a imprensa no local do evento, a partir das 8h.

A realização do evento conta com o apoio do Conselho Regional de Serviço Social (CRESS Sergipe), da Federação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal (FETAM Sergipe) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE). A plenária tem como objetivo discutir questões referentes ao desmonte do SUAS e do Controle Social no Governo Bolsonaro e o processo de resistência e organização da Conferência Nacional Democrática da Assistência.

“O Governo Bolsonaro tentou impedir que a sociedade civil avançasse no processo de controle social, por meio da Resolução 15/2019 do Conselho Nacional de Assistência Social, que revoga a conferência Nacional de Assistência Social. Enquanto o Governo Federal retrocede, os trabalhadores do SUAS de Sergipe resistem e reagem. Vai ter conferência estadual de assistência social sim!”, apontou Itanamara Guedes, presidente da FETAM Sergipe e diretora de políticas sociais da CUT Sergipe, destacando que 69 das 75 cidades sergipanas realizaram a etapa municipal da conferência.

“Mais do que um dos mais importantes espaços de debate e de participação da sociedade na elaboração da política de assistência social, esta edição da Conferência será um momento de mobilização em defesa do SUAS e da seguridade social. Fortalecer o controle social, num momento como o que estamos vivenciando, de desfinanciamento desmonte das políticas públicas, retirada de direitos sociais e autoritarismo, é fundamental para a articulação e para o avanço das forças progressistas”, avaliou André Doria, conselheiro do CRESS Sergipe, ressaltando que os/as assistentes sociais têm um projeto ético político que vai muito além das pautas da própria categoria, abrangendo a defesa das políticas públicas, da ampliação da participação social.

Com o tema “Assistência Social: Direito do Povo, com financiamento público e participação social”, a XIII Conferência Estadual acontece no dia 09 de outubro. O evento focará seus debates em torno de 3 pressupostos, que servirão de eixos para a conferência: “A Assistência Social é um direito do cidadão e dever do Estado”; “Política pública tem que ter financiamento público”; e “A participação popular garante a democracia e o controle da sociedade”.

FESUAS

A frente é um grupo de entidades e movimentos que tem se organizado para lutar contra o desfinanciamento, o desmonte do SUAS a retirada de direitos sociais. Atualmente, compõem o coletivo o Conselho Regional de Serviço Social (CRESS), Conselho Regional de Psicologia (CRP), Sindicato dos Psicólogos do estado de Sergipe (SINDPSI), Sindicato dos Assistentes Sociais de Sergipe (SINDASSE), Sindicato dos trabalhadores de socioeducação do estado de Sergipe (SINTS), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Federação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal do Estado de Sergipe (FETAM).

#SUASRESISTE

Deixe uma resposta

Arquivos de publicações

Notícias recentes

CRESS-SE

Contatos

(79) 3211-4991 ou (79) 3214-3487
Atendimento: segunda à sexta – das 7h às 13h

INSCRIÇÕES E REGISTROS:
E-mail: cressse18@gmail.com

TESOURARIA / ADMINISTRATIVO:
Tel.: (79) 3025-1132
E-mail: tesouraria.cress.se@gmail.com

FISCALIZAÇÃO E ORIENTAÇÃO (COFI)
E-mails: fiscalizacao@cress-se.org.br ou fiscalizacao2@cress-se.org.br

OUVIDORIA:
ouvidoria.cressse@gmail.com

COORDENAÇÃO:
cress-se@cress-se.org.br