Atendimento

segunda à sexta – das 7h às 13h

Cresce vertiginosamente o número de pessoas que sofrem com algum tipo de transtorno psicológico ou adoecimento emocional, como a depressão, a ansiedade e o transtorno Bipolar, por exemplo. Neste sentido, o Conselho Regional de Serviço Social 18a. Região Sergipe – CRESS/SE vem manifestar publicamente seu apoio à campanha Janeiro Branco, dedicada à conscientização e à prevenção em relação à Saúde Mental, realizada ao longo do mês de janeiro – período em que historicamente cresce a taxa de suicídios e agravamento de transtornos psicológicos.

 

Em Sergipe e em todo o país, psicólogos, assistentes sociais e outros trabalhadores e trabalhadoras do SUS realizaram a participaram de atividades cujo escopo é o de, por meio da informação, chamar a atenção da sociedade para a importância da promoção da Saúde Mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos; superar estigmas e tabus relacionados à saúde mental e emocional; e contribuir para a construção, o fortalecimento e a disseminação de uma “cultura da Saúde Mental” que favoreça, estimule e garanta a efetiva elaboração de políticas públicas em benefício da Saúde Mental.

 

Mais do que vencer os tabus e o preconceito nos quais estão envoltas as doenças de ordem psicológicas, compreendemos que a Campanha Janeiro Branco é um momento oportuno para que possamos refletir acerca de que modelo de política de saúde mental defendemos enquanto assistentes sociais. Partindo da máxima de que o indivíduo que sofre de transtorno mental é sujeito de direitos e cidadão, o CRESS Sergipe defende que o tratamento destas pessoas seja feito tendo como principal aspecto a garantia de sua autonomia de decisão e sua liberdade, o fortalecimento de vínculos e a convivência familiar e comunitária. Enquanto política pública, defendemos ainda que a política de saúde mental seja construída em rede e com ampla participação tanto dos trabalhadores e trabalhadoras do SUS quanto dos seus/suas usuários e usuárias.

 

O CRESS Sergipe reafirma, portanto, seu compromisso com a defesa do Sistema Único de Saúde, que assim como as demais políticas públicas estruturantes – sobretudo a seguridade social – tem sofrido com ataques sistemáticos do atual governo golpista de Michel Temer. Estes ataques são desde o aspecto financeiro – com congelamento de recursos pelos próximos 20 anos para a política de saúde -, e até mesmo do ponto de vista político-administrativo, sobretudo após a aprovação da portaria que modifica a política de saúde mental do Brasil e anula 30 anos de avanços de Reforma Psiquiátrica e da luta antimanicomial.

 

Assim, ao apoiar a campanha Janeiro Branco, o CRESS Sergipe reforça a luta pela superação dos preconceitos e estigmas contra as pessoas que sofrem de transtornos mentais, a defesa do SUS, a luta antimanicomial e a defesa de um modelo de política de saúde mental com o tratamento humanizado dos usuários/as.

 

Conselho Regional de Serviço Social 18ª. Região – Sergipe

Gestão “Vamos Lá Fazer o que Será”

 

 

 

Arquivos de publicações

Notícias recentes

Deixe uma resposta

CRESS-SE

Contatos

(79) 3211-4991 ou (79) 3214-3487
Atendimento: segunda à sexta – das 7h às 13h

INSCRIÇÕES E REGISTROS:
E-mail: cressse18@gmail.com

TESOURARIA / ADMINISTRATIVO:
Tel.: (79) 3025-1132
E-mail: tesouraria.cress.se@gmail.com

FISCALIZAÇÃO E ORIENTAÇÃO (COFI)
E-mails: fiscalizacao@cress-se.org.br ou fiscalizacao2@cress-se.org.br

OUVIDORIA:
ouvidoria.cressse@gmail.com

COORDENAÇÃO:
cress-se@cress-se.org.br