Atendimento

segunda à sexta – das 7h às 13h

Ao lado de estudantes e profissionais de serviço social, professores/as, pesquisadores/as e gestores/as públicos, o Conselho Regional de Serviço Social (CRESS Sergipe) apoiou e prestigiou o “II Seminário do Serviço Social do INSS na Gerência Executiva Aracaju – A Seguridade Social que temos e a que queremos”, nesta sexta-feira, 16, na UFS.

Promovido pela Gerência Executiva do INSS em Aracaju – Seção de Benefícios Serviço Social, o evento trouxe a Aracaju uma das mais conhecidas formuladoras no campo do serviço social, a professora Ivanete Boschetti, que ministrou a palestra: “Seguridade Social: direito e conquista da classe trabalhadora”.

Para debater o tema, foi convidada a professora doutora do Departamento de Serviço Social da UFS, Nelmires Ferreira, enquanto o  Assistente Social do INSS em Sergipe, Júlio César Lopes de Jesus coordenou os debates. Além do CRESS Sergipe, o seminário contou com o apoio do Departamento de Serviço Social da UFS, do Sindiprev e da ADUFS.

“A seguridade social é um dos campos de atuação mais antigos de nossa profissão e vem sofrendo verdadeiros ataques, especialmente pelos drásticos cortes orçamentários com o objetivo de inviabilizar as três políticas que a compõem: saúde, previdência e assistência”, destacou a presidente do CRESS Sergipe, Joana Rita Monteiro Gama, que esteve presente no encontro. Além de Joana, participou do seminário a conselheira do regional, Cláudia Itatiana.

Após reafirmar o compromisso do CRESS Sergipe com a defesa da seguridade social, Joana lamentou ainda a tentativa de mudar a legislação e a estrutura de funcionamento das três políticas, que “tem levado a profundos retrocessos no campo dos direitos dos usuários e à intensificação da precarização do exercício profissional dos/as assistentes sociais”.

Reforma da Previdência

A conselheira Cláudia Itatiana lamentou a reforma da previdência, que dificulta a aposentadoria e retira outros direitos da população, sobretudo a mais vulnerável. Ela alerta que a medida afeta duplamente os/as assistentes sociais que atuam no campo da seguridade social: pelo desmonte da previdência pública e pelos direitos perdidos enquanto trabalhadores do serviço público.

 

“A reforma da previdência foi aprovada na Câmara dos Deputados. Porém, ela ainda terá de ser votada no Senado Federal. As entidades de classe, sindicatos, movimentos sociais e setores progressistas da sociedade precisam se unificar em torno desta pauta para evitar este profundo retrocesso. A pressão popular barrou a reforma da previdência uma vez. Temos a capacidade e a responsabilidade de tentar barra-la novamente”, destacou a conselheira.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Arquivos de publicações

Notícias recentes

CRESS-SE

Contatos

(79) 3211-4991 ou (79) 3214-3487
Atendimento: segunda à sexta – das 7h às 13h

INSCRIÇÕES E REGISTROS:
E-mail: cressse18@gmail.com

TESOURARIA / ADMINISTRATIVO:
Tel.: (79) 3025-1132
E-mail: tesouraria.cress.se@gmail.com

FISCALIZAÇÃO E ORIENTAÇÃO (COFI)
E-mails: fiscalizacao@cress-se.org.br ou fiscalizacao2@cress-se.org.br

OUVIDORIA:
ouvidoria.cressse@gmail.com

COORDENAÇÃO:
cress-se@cress-se.org.br