Atendimento

segunda à sexta – das 7h às 13h

Palestra irá denunciar situação da política de saúde mental em Sergipe e tentativa de privatização do CAPS David Capistrano

Loucomotivas conviteNa próxima quinta-feira, 25, a Assembleia Legislativa de Sergipe será ocupada por militantes que lutam em defesa da reforma psiquiátrica em Sergipe. Eles irão até a Casa Legislativa para prestigiar a palestra no grande expediente da sessão plenária a ser proferida por dois representantes do movimento LOUCOmotiva Sergipe: a assistente social do CAPS de Boquim e conselheira do CRESS/SE, Diléa Lucas de Carvalho, e o usuário do CAPS e membro da Associação de Usuários de Saúde Mental de Sergipe (AUSMES) Everton da Costa Tavares.

 

A palestra foi uma articulação do LOUCOmotiva com a deputada estadual Ana Lúcia, que a pedido do movimento apresentou requerimento à Alese solicitando o espaço na tribuna para debater a temática, por meio de requerimento aprovado por unanimidade na casa. As palestras acontecem a partir das 9h, mas a concentração dos trabalhadores e usuários dos CAPS, além dos militantes que defendem a saúde mental começa às 8h, na Praça Fausto Cardoso, em frente a Alese.

 

Além de reforçar os avanços trazidos pela reforma psiquiátrica no país e a necessidade de consolidar o modelo atual de tratamento de pacientes com transtornos mentais em substituição ao modelo asilar, Diléa e Everton irão apresentar uma breve análise da situação da política de saúde mental de Sergipe, apontando seus avanços e fragilidades.

 

Privatização do CAPS não!

 

Outro aspecto a ser abordado é a decisão da Prefeitura Municipal de Aracaju de privatizar o CAPS David Capistrano, entregando-o à gestão de uma Organização Não-Governamental. A unidade atende a quase 600 adultos com transtornos mentais graves, a exemplo de esquizofrenia, depressão profunda e transtorno bipolar acentuado.

 

Além de integrar o movimento LOUCOmotiva Sergipe, o CRESS/SE vem apoiando a luta em defesa do CAPS David Capistrano, por entender que os mais prejudicados com a decisão serão os trabalhadores e, principalmente os usuários da unidade, cujo tratamento será interrompido. Por meio de nota pública, a entidade manifestou seu apoio aos usuários e trabalhadores e repudiou a atitude arbitrária da Prefeitura Municipal de Aracaju de privatizar o espaço.

 

Ainda com o intuito de incidir para evitar a entrega da unidade a uma ONG, representantes do CRESS/SE participaram de reuniões com a deputada Ana Lucia, com o deputado João Daniel e com representantes da gestão municipal: Karina Ferreira Cunha, coordenadora da Rede de Atenção Psicossocial da Saúde de Aracaju, com Marlene Calumby, secretária Muncipal de Governo, e com a primeira dama do município, Maria do Carmo Alves.

 

O quê: Palestra com representantes do movimento LOUCOmotiva Sergipe

Quando: Quinta-feira, 25, às 9h

Onde: Na Assembleia Legislativa de Sergipe

 

 

Deixe uma resposta

Arquivos de publicações

Notícias recentes

CRESS-SE

Contatos

(79) 3211-4991 ou (79) 3214-3487
Atendimento: segunda à sexta – das 7h às 13h

INSCRIÇÕES E REGISTROS:
E-mail: cressse18@gmail.com

TESOURARIA / ADMINISTRATIVO:
Tel.: (79) 3025-1132
E-mail: tesouraria.cress.se@gmail.com

FISCALIZAÇÃO E ORIENTAÇÃO (COFI)
E-mails: fiscalizacao@cress-se.org.br ou fiscalizacao2@cress-se.org.br

OUVIDORIA:
ouvidoria.cressse@gmail.com

COORDENAÇÃO:
cress-se@cress-se.org.br