Atendimento

segunda à sexta – das 7h às 13h

Estão abertas, até o dia 20 de agosto, as inscrições para a seleção pública 2012 dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Saúde Pública, Saúde Pública e Meio Ambiente, e Epidemiologia em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz). Repetindo os anos anteriores, as inscrições só poderão ser feitas pela internet na Plataforma Siga.
 
O curso de mestrado em Saúde Pública, da área de Saúde Coletiva, é credenciado pelo Conselho Federal de Educação. É destinado à preparação de profissionais de alto nível para a docência, pesquisa e gestão. Os cursos são orientados por linhas de pesquisa e áreas temáticas, numa perspectiva interdisciplinar e multiprofissional.
Subáreas de concentração e vagas disponíveis: Abordagem Ecológica de Doenças Transmissíveis (6 vagas); Planejamento e Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde (14 vagas); Saneamento Ambiental (9 vagas); Saúde e Sociedade (5 vagas); Saúde, Trabalho e Ambiente (7 vagas); Violência e Saúde (5 vagas).
Obs.: As subáreas ‘Políticas Públicas e Saúde’ e ‘Processo Saúde-Doença, Território e Justiça Social’ não abrirão vagas em 2012.
Os textos das referências bibliográficas para o mestrado em Saúde Pública da ENSP estão disponíveis para download aqui.
Coordenação:
Dra. Claudia Garcia Serpa Osorio de Castro (claudia.osorio@ensp.fiocruz.br
)
Dra. Mônica Siqueira Malta (malta@ensp.fiocruz.br)
 
O curso de doutorado em Saúde Pública, da área de Saúde Coletiva, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, visa à formação de profissionais para atuar nas seguintes áreas de docência e pesquisa: Assistência Farmacêutica; Avaliação de Políticas, Sistemas e Programas de Saúde; Avaliação de Serviços e Tecnologias de Saúde; Avaliação do Impacto sobre a Saúde dos Ecossistemas; Construção do Conhecimento Epidemiológico Aplicado às Práticas de Saúde; Desenvolvimento, Estado e Saúde; Desigualdades Sociais, Modelos de Desenvolvimento e Saúde; Determinação e Controle de Endemias; Economia em Saúde; Epidemiologia de Doenças Transmissíveis; Ética Aplicada e Bioética; Formulação e Implementação de Políticas Públicas e Saúde; Gênero e Saúde; Gestão Ambiental e Saúde; Habitação e Saúde; Informação e Saúde; Instituições, Participação e Controle Social; Paleopatologia, Paleoparasitologia e Paleoepidemiologia; Pesquisa Clínica; Planejamento e Gestão em Saúde; Políticas e Sistemas de Saúde em Perspectiva Comparada; Profissão e Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde; Promoção da Saúde; Saneamento e Saúde Ambiental; Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente; Saúde e Trabalho; Saúde Global e Diplomacia da Saúde; Saúde Indígena; Saúde Mental; Toxicologia e Saúde; Vigilância Sanitária; Violência e Saúde.
Ao todo, a Escola conta com 40 doutores com vagas para novos alunos.

Coordenação:
Dra. Claudia Garcia Serpa Osorio de Castro (claudia.osorio@ensp.fiocruz.br)

Dra. Mônica Siqueira Malta (malta@ensp.fiocruz.br)
 
O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, tem como objetivo a capacitação de docentes, pesquisadores e gestores em saúde e ambiente, numa perspectiva interdisciplinar, multiprofissional e interinstitucional, para a análise e proposição de soluções sobre os efeitos decorrentes das exposições ambientais na saúde humana. Está voltado para profissionais e pesquisadores das áreas de saúde e do meio ambiente, com formação, no nível de graduação, em diferentes campos do conhecimento e interessados na análise de problemas de saúde e ambiente.
Subáreas de concentração e vagas disponíveis: Epidemiologia Ambiental (6 vagas); Gestão de Problemas Ambientais e Promoção de Saúde (5 vagas); e Toxicologia Ambiental (4 vagas).
Coordenação:
Dr. Sergio Koifman (koifman@ensp.fiocruz.br
)
Dra. Gina Torres Rego Monteiro (gtorres@ensp.fiocruz.br)
 
O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, tem como objetivo a capacitação de docentes, pesquisadores e gestores em saúde e ambiente, numa perspectiva interdisciplinar, multiprofissional e interinstitucional, para a análise e proposição de soluções sobre os efeitos decorrentes das exposições ambientais na saúde humana. Está voltado para profissionais e pesquisadores das áreas de saúde e do meio ambiente, com formação, no nível de graduação, em diferentes campos do conhecimento e interessados na análise de problemas de saúde e ambiente.
As linhas de pesquisa para este doutorado são: Avaliação do Impacto sobre a Saúde dos Ecossistemas; Desigualdades Sociais, Modelos de Desenvolvimento e Saúde; Epidemiologia de Doenças Crônicas; Exposição a Agentes Químicos, Físicos e Biológicos e Efeitos Associados na Saúde Humana e Animal; Exposições Ambientais e Avaliação dos Efeitos no Ciclo de Vida; Gestão Ambiental e Saúde; Patologia Clínica, Ambiental e do Trabalho; Saneamento e Saúde Ambiental; Toxicologia e Saúde.
Ao todo, a Escola conta com 11 doutores com vagas para novos alunos.
Coordenação:
Dr. Sergio Koifman (koifman@ensp.fiocruz.br
)
Dra. Gina Torres Rego Monteiro (gtorres@ensp.fiocruz.br)
 
O mestrado em Ciências na área de Epidemiologia em Saúde Pública, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, tem como objetivo a formação de docentes, pesquisadores e gestores numa perspectiva interdisciplinar e multiprofissional. É desenhado para capacitar profissionais para análise, planejamento, desenvolvimento, implementação e avaliação de políticas públicas e tecnologias, considerando os contextos epidemiológico, social e ambiental, nos cenários nacional e internacional.
Subáreas de concentração e vagas disponíveis: Epidemiologia Geral (7 vagas); Epidemiologia, Etnicidade e Saúde (8 vagas); Filosofia e Ciências Sociais Aplicadas à Epidemiologia (3 vagas); Epidemiologia das Doenças Transmissíveis (4 vagas); Métodos Quantitativos em Epidemiologia (6 vagas).
Coordenação:
Dr. Reinaldo Souza dos Santos (rssantos@ensp.fiocruz.br
)
Dra. Ana Glória Godoi Vasconcelos (anaggodoi@fiocruz.br)
 
O doutorado em Epidemiologia, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, visa à formação de profissionais para atuar nas áreas de docência e pesquisa. As linhas de pesquisa são: A construção do conhecimento epidemiológico e sua aplicação às práticas de saúde; Avaliação de políticas, sistemas e programas de saúde; Avaliação de serviços e tecnologias em saúde; Epidemiologia de doenças crônicas; Epidemiologia de doenças transmissíveis; Desigualdades sociais, modelos de desenvolvimento e saúde; Determinação e controle de endemias; Informação e saúde; Modelagem estatística, matemática e computacional aplicadas à saúde; Paleopatologia, Paleoparasitologia e Paleoepidemiologia; Saúde da mulher, da criança e do adolescente; Saúde indígena; Saúde mental.
Ao todo, a Escola conta com 13 doutores com vagas para novos alunos.
Coordenação:

Dr. Reinaldo Souza dos Santos (rssantos@ensp.fiocruz.br
)
Dra. Ana Glória Godoi Vasconcelos (anaggodoi@fiocruz.br)
Os Editais dos três programas, que podem ser conferidos nos endereços abaixo:

Deixe uma resposta

Arquivos de publicações

Notícias recentes

CRESS-SE

Contatos

(79) 3211-4991 ou (79) 3214-3487
Atendimento: segunda à sexta – das 7h às 13h

INSCRIÇÕES E REGISTROS:
E-mail: cressse18@gmail.com

TESOURARIA / ADMINISTRATIVO:
Tel.: (79) 3025-1132
E-mail: tesouraria.cress.se@gmail.com

FISCALIZAÇÃO E ORIENTAÇÃO (COFI)
E-mails: fiscalizacao@cress-se.org.br ou fiscalizacao2@cress-se.org.br

OUVIDORIA:
ouvidoria.cressse@gmail.com

COORDENAÇÃO:
cress-se@cress-se.org.br