Atendimento

segunda à sexta – das 7h às 13h

01Compreendendo a necessidade de organização dos trabalhadores e trabalhadoras do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e de sua participação social nos espaços institucionais, o Conselho Regional de Serviço Social (CRESS/SE) participou da X Conferência Municipal de Assistência Social, realizada nesta quarta e quinta-feira, 05 e 06, em Aracaju

Com o tema “Consolidar o SUAS de vez rumo a 2026”, a X Conferência contou com a participação dos atores que fazem acontecer, na prática, o SUAS: usuários, trabalhadores, organizações da sociedade civil, gestores de todos os níveis, conselhos e sindicatos.

Durante o encontro foram elaboradas, debatidas e aprovadas propostas de políticas públicas, que devem ser executadas pela gestão municipal, bem como encaminhadas para as próximas etapas da conferência: estadual e nacional. Ainda durante o encontro, foram eleitos os delegados que representarão o conjunto dos trabalhadores e trabalhadoras do SUAS na próxima etapa da conferência, assim como os representantes do poder público e os usuários do sistema.

Representantes do CRESS/SE distribuíram um panfleto incentivando os trabalhadores do SUAS a participarem ativamente de todo o processo de conferências, que teve início com a pré conferência e segue até a etapa nacional, além de apresentar demandas e reivindicações dos assistentes sociais e demais trabalhadores do SUAS.

02

Ana Caroline Trindade, assistente social do CRAS Jardim Esperança, também defende a participação e o protagonismo da categoria no processo de conferências. Para ela, o tema central deste encontro – a análise do plano decenal – é atraente para a participação do trabalhador. “Aracaju, diferente de todos os outros municípios de Sergipe tem um plano decenal construído. Porém, é um plano que não foi socializado. É importante que o trabalhador tenha conhecimento e avalie esse plano para que ele possa se entender enquanto corresponsável pela sua operacionalização”, avaliou.

Aracaju

A respeito das condições de trabalho e da execução da política social no município de Aracaju, os relatos apresentados pelos trabalhadores do SUAS foram em tom de desabafo. “Diferente do que a própria mesa de abertura apresentou, Aracaju não está tão ‘bonita’ assim”, lamentou Caroline Trindade. “Se Aracaju foi um dos primeiros municípios a fazer a adesão ao SUAS, hoje não existe uma consolidação. Ao contrário, o que há é um processo de desestruturação dos serviços, mesmo aqueles tipificados e legalizados”, finalizou a assistente social.

Essa desestruturação afeta o cotidiano dos principais atores da execução das políticas sociais: os trabalhadores do SUAS. Estrutura física inadequada para realização das atividades dos assistentes sociais, falta de equipamentos e materiais de expediente e de veículos que possam oferecer transporte para atendimento dos usuários são apenas alguns dos aspectos que denunciam o sucateamento do sistema, que completa 10 anos em 2015.

Fórum Municipal de Assistência Social de Aracaju

03

O CRESS/SE, o Sindicato dos Assistentes Sociais de Sergipe (SINDASSE) e demais entidades representativas dos Trabalhadores do SUAS presentes na conferência deliberaram, por meio de plenária, instituir o Fórum Municipal de Assistência Social de Aracaju (FMTSUAS/Aracaju).

O fórum é uma articulação de entidades e trabalhadores cujo objetivo é manter sistematicamente o debate e as intervenções políticas buscando a valorização dos profissionais que atuam no SUAS, bem como lutar pelo fortalecimento das políticas sociais no município de Aracaju”, esclarece o conselheiro do CRESS/SE Aloísio Júnior. Ele explica ainda que outros espaços de incidência política tais como o fórum de Aracaju deverão ser instituídos em outros municípios, bem como em âmbito estadual. 

Mesmo com essa conjuntura de condições de trabalho precarizada e adversa à nossa participação, nós precisamos legitimar nossa organização enquanto trabalhadores do serviço público municipal”, completou Caroline Trindade.

Deixe uma resposta

Arquivos de publicações

Notícias recentes

CRESS-SE

Contatos

(79) 3211-4991 ou (79) 3214-3487
Atendimento: segunda à sexta – das 7h às 13h

INSCRIÇÕES E REGISTROS:
E-mail: cressse18@gmail.com

TESOURARIA / ADMINISTRATIVO:
Tel.: (79) 3025-1132
E-mail: tesouraria.cress.se@gmail.com

FISCALIZAÇÃO E ORIENTAÇÃO (COFI)
E-mails: fiscalizacao@cress-se.org.br ou fiscalizacao2@cress-se.org.br

OUVIDORIA:
ouvidoria.cressse@gmail.com

COORDENAÇÃO:
cress-se@cress-se.org.br